Novas Implementações ao sistema de Stocks

O Software NetBusiness foi alterado para permitir um melhor controlo de inventário

O sistema já permite

Exportar inventários para a AT

Esta alteração está disponível na Versão 3.7 dos Stocks.

Contacte o nosso departamento comercial para saber mais informações.

Pode descarregar aqui um PDF com informações sobre o controlo de Inventário.


 

Novo valor do salário mínimo nacional para 2014

O Software NetBusiness foi preparado para contemplar as recentes alterações ao salário mínimo nacional para 2014 que afetam o calculo da sobretaxa de IRS.

Esta alteração está disponível sem custos para os clientes que tenham a Versão 3.7 dos Salários.

Contacte o nosso departamento de Suporte para saber mais informações.

 


 

Despacho nº 8632/2014

 Alterações ao requisitos dos programas certificados

Em 3 de Julho de 2014 foi publicado em de Diário da Republica o despacho 8632/2014 que estabelece um conjunto de requisitos técnicos que obrigam à reestruturação do software de gestão.

A MTC – Informática e a Cigest têm estado atentas a estas alterações de legislação e estão a preparar o sistema NetBusiness para cumprir todos esses requisitos na Versão 3.7 do Gestor de Documentos (Faturação), Gestão de Terceiros e Contabilidade.

Reconhecemos que alguns das alterações causarão impacto significativo no funcionamento das empresas e que será necessário adequar os processos às novas realidades.

Consulte AQUI mais detalhes sobre as alterações que estão a ser preparadas.


 

Relatório Único 2013

O Software NetBusiness foi preparado a fim de facilitar o prenchimento do relatório único.

Obtenha mais Informações no site do Gabinete de estrategia e estudos do ministério da economia sobre esta obrigação.

A entrega do Relatório Único, para dados referentes a 2013, vai decorrer entre 16 de Março e 15 de Abril de 2014,

de acordo com o previsto na Portaria n.º 55/2010, de 21 de Janeiro.

Esta funcionalidade está disponível na Versão 3.7 dos Salários.

Contacte o nosso departamento de Suporte para saber mais informações.

 


Alteração ao Sistema de Salários Versão 3.7

A autoridade tributária publicou diversas alterações com implicação no processamento dos salários em 2014. Embora tenham sido publicadas apenas perto do final do mês de Janeiro têm implicação no processamento dos vencimetos já deste mês.

A MTC - Informática e a Cigest estão a fazer todos os esforços para que essas alterações causem o menor impacto possivel no processamento, estando desde já a disponibilizar a versão 3.7 que contempla grande parte das alterações a implementar.

Dessas alterações destacamos o seguinte:

Pagamentos bancários com formato SEPA - Diretivas do banco de portugal estabelecem a entrada em vigor desta norma para transferencias bancárias apartir de fevereiro de 2014.

Declaração Mensal de Remunerações - Portaria 15-A/2014 de 24 de janeiro estabelece novos agrupamentos para as remunerações.

Modelo 10- Portaria 363/2013 de 20 de dezembro introduz alterações ao formatodo modelo 10.

 

Consulte este DOCUMENTO com detalhes das alterações implementadas

Contacte o nosso departamento comercial para saber condições de aquisição desta actualização.

 


Esclarecimentos sobre novas Regras de Faturação

A autoridade tributária tem vindo a publicar diversos esclarecimentos sobre (1) as novas regras de certificação de software e sobre (2) a legislação já em vigor respeitante à emissão de documentos.

Desses esclarecimentos queremos salientar dois aspetos importantes.

1) Os limites para obrigatoriedade de utilização de software certificado foram alterados. Neste aspecto as principais alterações prende-se com o facto de que qualquer empresa com um volume de faturação igual ou superior a 100.000€ terá de possuir um sistema certificado. Além disso as empresas produtoras do seu sofware que utilizam o seu próprio software, passam também a estar obrigadas a utilizar software certificao. Consulte essa informação neste link do portal da Autoridade Tribitária.

2) Todos os elementos de preenchimento obrigatório nos documentos devem ser inseridos pelo programa. Na prática isto significa que mesmo que a empresa utilize papel pré-impresso no qual conste o nome, morada e contribuinte da empresa, ainda assim o sistema terá de escrever também esses dados no documento. Pode consultar esse esclarecimento neste link publicado no portal da Autoridade tributária.


 

Mais artigos...